Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.esg.br/handle/123456789/1921
metadata.dc.type: Outros
Title: Decifrando a guerra cibernética: os desafios das operações cibernéticas para decisores
Authors: Guimarães, Flávio de Queiroz
Advisors: Laginestra, Abian Mendes
Course: Curso Superior de Segurança e Defesa Cibernética (CSSDC)
Keywords: Guerra cibernética;Defesa cibernética;Tomada de decisão;Operações cibernéticas
Issue Date: 2023
Publisher: Escola Superior de Guerra
Abstract: The decision-making process in Cyber Operations (Cyber Ops) has a scope and impacts not only in the military context but also extends to other national sectors such as critical infrastructures, government, and private companies, both in the scope of Information Technology (IT) and Operational Technology (OT), with cyber and kinetic effects, motivating its understanding throughout society. Due to the restricted availability of positions with managerial and strategic responsibilities for officers applied to Cyberdefense and Cyberwarfare, due to hierarchical verticality combined with the evasion of technical talents, there would be an apparent tendency to maintain strategic-operational non-specialized decision-makers in functions that deal with the uncertainties of cyber operations that encompass offensive, defensive and exploratory actions with legal and ethical considerations. The gap between the technical nature of Cyber Ops and a broad understanding of decision-making challenges could result in an insufficient allocation of resources, inadequate management of cyber risks, limiting to reactive actions against incidents rather than proactive measures against imminent threats, and restriction of the ability to offensively counter cyber attacks, limiting the potential employment of the offensive and defensive cyber capabilities of a component cyber force. This academic essay addresses the conceptual, operational, and multidisciplinary elements that provide insights into the challenges faced by non-specialized strategic-operational decision-makers regarding decision-making processes in favor of optimizing the effects of cyber actions of a tactical component on capabilities military in contemporary combat. Among the challenges addressed are issues of sovereignty and the multiple geographic locations of an opponent's attack infrastructure; understanding cyber operations, actions, and capabilities; the establishment of Rules of Engagement to define the conditions for activating Response Actions to counter attacks and the attribution of origin and authorship; the maintenance of Cyber Situational Awareness as a function of a Theater of Operations; understanding the advantages and impacts on the decision of a Cyber Attack against an opponent; understanding the balance between cyber forces; and the definition of a Cyber Center of Gravity with its critical elements.
Description: O processo decisório nas Operações Cibernéticas (Op Ciber) possui abrangência e impactos não apenas no contexto militar, mas estende-se também a outros setores como infraestruturas críticas nacionais, governo e empresas privadas, tanto no âmbito da Tecnologia da Informação (TI) quanto na Tecnologia Operacional (TO), com efeitos cibernéticos e cinéticos, motivando o seu entendimento por toda a sociedade. Devido a restrita disponibilidade de cargos com atribuições gerenciais e estratégicas para oficiais aplicados à Defesa e Guerra no ambiente operacional cibernético, em função da verticalidade hierárquica combinada com a evasão de talentos técnicos, haveria uma tendência natural de manter decisores estratégicos-operacionais não especializados em funções que lidam com as incertezas das operações cibernéticas que abrangem as ações ofensivas, defensivas e exploratórias com considerações legais e éticas. A lacuna entre a natureza técnica das Op Ciber e uma ampla compreensão dos desafios decisórios poderia suscitar em uma alocação insuficiente de recursos; gestão inadequada dos riscos cibernéticos; limitar-se às ações reativas contra incidentes, ao invés de medidas proativas contra as ameaças iminentes; e restrição da capacidade de se contrapor, ofensivamente, aos ataques cibernéticos, limitando o potencial de emprego das capacidades cibernéticas ofensivas e defensivas de uma força cibernética componente. Este ensaio acadêmico aborda os elementos conceituais, operacionais e multidisciplinares que fornecem as percepções dos desafios a serem enfrentados pelos decisores estratégicos-operacionais não especializados sobre os processos de tomada de decisão em proveito da otimização dos efeitos das ações cibernéticas de uma componente tática sobre as capacidades militares no combate contemporâneo. Dentre os desafios abordados, consideram-se as questões de soberania e as múltiplas localizações geográficas da infraestrutura de ataque de um oponente; a compreensão das operações, ações e capacidades cibernéticas; o estabelecimento de Regras de Engajamento para definição das condições de acionamento de Ações de Resposta para se contrapor a ataques e a atribuição da origem e autoria; a manutenção de uma Consciência Situacional Cibernética em função de um Teatro de Operações; a compreensão das vantagens e impactos sobre a decisão de um Ataque Cibernético contra um oponente; o entendimento do equilíbrio entre forças cibernéticas; e a definição de um Centro de Gravidade Cibernética com seus elementos críticos.
URI: https://repositorio.esg.br/handle/123456789/1921
Appears in Collections:Diversos (Cibersegurança e Segurança da Informação)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ensaio_CF Queiroz. REV.BIB.docx.pdf1.34 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.