Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.esg.br/handle/123456789/1669
metadata.dc.type: Outros
Title: O desafio logístico brasileiro na participação do segmento feminino em missões de paz da ONU
Authors: Mello, Angelita Dione
Moura, André Luiz Silva de
Advisors: Lima, José Roberto Pinho de Andrade
Course: Curso de Logística e Mobilização Nacional (CLMN)
Keywords: Segmento feminino;Missão de paz;Logística de pessoal;Mulheres militares
Issue Date: 2022
Publisher: Escola Superior de Defesa
Abstract: The present work aimed at studying the logistical challenge of sending the female segment on United Nations peace operations. Brazil, as a traditional contributor to peace missions, is committed to fulfilling the commitments established in Resolution 1325/2000, which deals with increasing the participation of women in UN peacekeeping operations and the National Action Plan on Women, Peace and Security. In this study, the research targets were the female military and police segments. These groups have different selection processes for individual missions. Therefore, this study aimed to identify and to describe the logistical obstacles that have been hindering the increase of Brazilian women in peacekeeping operations. Encouragement, preparation, dispatch and replacement of the female force in the 12 (twelve) peace missions in progress is a logistical and mobilization challenge. Bibliographical research was carried out on books, scientific journals, academic works, legislation and official websites of the institutions involved. Data collection was carried out using an electronic questionnaire with volunteers who had already been deployed. It was possible to describe the individual characteristics, suggestions, problems faced in the institutions that belong to each participant, as well as the logistical difficulties during the mission. Finally, this study concluded that it will be necessary to analyze the logistical difficulties that the female segment faces within each institution (Armed Forces and State Military Police). Some recommendations are presented in an attempt to mitigate the problem.
Description: O presente trabalho buscou estudar o desafio logístico de envio do segmento feminino em missões de paz da Organização das Nações Unidas. O Brasil, como tradicional colaborador das missões de paz, está comprometido em cumprir os compromissos estabelecidos na Resolução 1325/2000, que versa sobre o incremento da participação de mulheres nas Operações de paz da ONU e o Plano Nacional de Ação sobre Mulheres, Paz e Segurança. Neste estudo, os alvos da pesquisa foram os segmentos femininos militar e policial. Esses grupos possuem processos seletivos diferentes para serem enviados em missões individuais. Portanto, este trabalho teve como proposta identificar e descrever os obstáculos logísticos que vêm prejudicando o acréscimo de mulheres brasileiras em operações de paz. O incentivo, preparo, envio e a reposição do efetivo feminino em uma das 12 (doze) missões de paz em andamento é um desafio logístico e de mobilização. Para tal fim, foi realizada pesquisa bibliográfica a livros, revistas científicas, trabalhos acadêmicos, legislações e sítios eletrônicos oficiais dos órgãos envolvidos. Foi realizada uma coleta de dados por questionário eletrônico com voluntárias que já foram desdobradas. Foi possível descrever as características individuais, sugestões, problemas enfrentados nas instituições que pertencem cada participante, bem como as dificuldades logísticas na missão. Por fim, este trabalho concluiu que será necessário analisar as dificuldades logísticas que o segmento feminino enfrenta dentro de cada instituição (Forças Armadas e Polícia Militar). São apresentadas algumas recomendações na tentativa de mitigar o problema.
URI: https://repositorio.esg.br/handle/123456789/1669
Appears in Collections:Diversos (Logística de Operações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CLMN2022_Angelita_Andre REV.pdf801.06 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.