Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.esg.br/handle/123456789/1637
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCarneiro, Julio Cesar Simões Menescalpt_BR
dc.contributor.authorValente, Rodrigo Soarespt_BR
dc.date.accessioned2023-02-03T22:44:09Z-
dc.date.available2023-02-03T22:44:09Z-
dc.date.issued2022-
dc.identifier.urihttps://repositorio.esg.br/handle/123456789/1637-
dc.descriptionSegurança é necessidade, direito do ser humano e traz noção de proteção em face do perigo e das ameaças às instituições e aos bens essenciais. É indispensável à busca do ideal de bem comum via garantia do Estado, em face de sua responsabilidade pela segurança de todos, por meio da exigência do cumprimento dos deveres necessários à condição dessa segurança e com o estabelecimento de políticas públicas para discipliná-la junto à sociedade, prevenindo e reprimindo a criminalidade. Assim, esta pesquisa tem por objetivo verificar em que medida o Centro Integrado de Comando e Controle do Estado do Rio de Janeiro (CICC/RJ) contribuiu para a segurança pública do Estado do Rio de Janeiro (RJ), principalmente em operações interagências, tendo em vista a Gestão de Processos (GP), após a extinção da Secretaria de Estado de Segurança (SESEG) do Estado do Rio de Janeiro, no período de 2019 a 2021, diante da consecução de políticas públicas. Sob o aspecto da metodologia, quanto aos fins, apresenta elementos qualitativo analítico sob o processo dedutivo. Quanto aos meios de investigação, documental e bibliográfico, bem como a aplicação de questionário para um público específico a título de estudo comparativo sobre pontos positivos e negativos da atual estrutura do CICC/RJ. Além das consultas aos ditames concernentes à segurança pública do RJ e demais normas. São utilizados, como apoio no referencial teórico, os conceitos relativos à gestão de processos (GP) somados aos da Carta Magna de 1988 (CF/88). O trabalho tem relevância para a Segurança e o Desenvolvimento Nacional em razão de se estudar e propor, junto ao tema Segurança Pública, melhorias aos processos de utilização do CICC/RJ diante da consecução de políticas públicas, especialmente no que tange a eficiência das operações interagências na promoção de resposta rápida e efetiva diante das demandas de segurança pública do RJ. Como resultado, a pesquisa traz que a criação do CICC/RJ foi uma evolução na construção de meios físicos e institucionais para a concretização de operações conjuntas interagências visando à segurança pública no RJ à luz do referencial teórico, principalmente, da GP, uma vez que melhorar processos é uma ação básica para que as organizações possam responder às mudanças que ocorrem, constantemente, em seu ambiente de atuação, assim como à manutenção do seu sistema produtivo competitivo. A pesquisa concluiu que o CICC/RJ proporcionou efetiva consciência situacional colaborativa e uma parceria cooperativa entre as agências integrantes do referido centro na condução das operações de segurança pública e, principalmente, concluiu que não ocorreu prejuízo à segurança pública do Estado do Rio de Janeiro em razão da transferência do CICC/RJ, motivada pela extinção da SESEG, para a administração da Secretaria de Estado de Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (SEPM/RJ) e que, pelo contrário, em alguns fatores, ocorreu a melhora no serviço prestado no período de 2019 a 2021.pt_BR
dc.description.abstractSecurity is a requirement, human right and this carry a notion of protection facing danger and threats to institutions and to essential goods. It’s needful to seek the ideal of the common good through the guarantee’s state, by the it’s responsibility to provide safety of all, through the demand to enforcement the necessary duties to this safety condition and with the establishment of public policies to discipline it into the society, preventing and repressing the criminality. This research aims to verify what extent the Integrated Command and Control Center of the State of Rio de Janeiro (ICCC/RJ) contributed for the public security of the State of Rio de Janeiro, principally in interagency operations, according to the Process Management, after the extinction of the Public Security Secretariat of the State of Rio de Janeiro, in the period from 2019 to 2021, in attainment the public policies. In relation to methodology, as for the purposes, it presents qualitative analytical elements under the deductive process. As for the wherewithal of investigation, documentary and bibliographic, as well the shipping of a questionnaire to a specific group to make a comparative study about positive and negative points of the current structure of the ICCC/RJ. In addition to consulting the legals prescript concerning public security of the State of Rio de Janeiro and other standars. It is used, as support in the theoretical reference, the concepts related to process management added to those of the Constitutiona of 1988. This research is relevant for Security and National Development because it studies and proposes, along with the Public Security theme, improvements to the processes of using the the ICCC/RJ in attainment the public policies, especially to the efficiency of interagency operations in promoting a quick and effective response along with demands the public security of the State of Rio de Janeiro. As result, this research shows that the creation of the ICCC/RJ was an evolution in the construction of physical and institutional wherewithal to carry out joint interagency operations aimed to public security in the State of Rio de Janeiro following the theoretical reference, principally, process management, because of improving processes is a basic action for organizations to be able to respond to the changes that constantly occur in their operating environment, as well as to maintain their competitive production system. The research concluded that the the ICCC/RJ provided an effective situational awareness collaborative and a cooperative partnership between the agencies that are part of that center in the conduct of public security operations and, mainly, concluded that there was not impairment to the public security of the State of Rio de Janeiro in reason for the transfer of ICCC/RJ, motivated by the extinction of the Public Security Secretariat of the State of Rio de Janeiro, to the management of Secretary of State of Military Police of the State of Rio de Janeiro and that, instead of, in some factors, there was an improvement in the service provided in the period from 2019 to 2021.en_US
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherEscola Superior de Guerrapt_BR
dc.subjectSegurança Pública - Rio de Janeiropt_BR
dc.subjectCentro Integrado de Comando e Controlept_BR
dc.subjectOperações Interagênciaspt_BR
dc.subjectGestão de processospt_BR
dc.titleCentro Integrado de Comando e Controle do Estado do Rio de Janeiro: sua contribuição para segurança pública pós-extinção da Secretaria de Segurança Pública do Rio de Janeiropt_BR
dc.typeMonografiapt_BR
dc.publisher.departmentCurso de Altos Estudos de Política e Estratégia (CAEPE)pt_BR
Appears in Collections:Coleção de Monografias (Segurança Pública)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CAEPE.78 TCC VF.pdf992.85 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.