Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.esg.br/handle/123456789/1433
metadata.dc.type: Artigo
Title: Onde há fumaça não há fogo! O Esquadrão de Demonstração Aérea como instrumento de soft power do Brasil na sua relação com a Guiana (2008 e 2013)
Authors: Popoff, Sabine Nadja
Silva, Gil Eduardo de Lima e
Advisors: Queiroz, Fábio Albergaria de
Course: Curso de Altos Estudos em Defesa (CAED)
Keywords: Força Aérea Brasileira;Diplomacia de defesa;Política externa;Ministério das Relações Exteriores (MRE)
Issue Date: 2021
Publisher: Escola Superior de Defesa
Abstract: This work aimed to verify, according to Joseph Nye’s concept of “soft power”, if the presentations in Georgetown, in 2008 and 2013, by the Air Demonstration Squadron of the Brazilian Air Force (EDA), effectively acted as a “soft power” tool of Brazilian diplomacy while an instrument of foreign policy. To collect data it was used bibliographic research, which included articles, books, academic documents and also from the bureaucracies analyzed: Ministry of Foreign Affairs and Brazilian Air Force. As main results, it was possible to verify the relevance of these presentations in allowing the participation of the defense policy in matters of Brazilian foreign policy. EDA’s presentations contributed to project power and deterrence abroad, by demonstrating the high level of training and capacity of Brazilian pilots, highlighting the quality of the products of our aeronautical industry and representing the FAB overseas, as a diplomatic instrument. However, there was also a need for more synergy between the institutions involved (MRE and Armed Forces/FAB) for a better use of EDA’s potential as an instrument of soft power.
Description: Este trabalho teve como objetivo verificar, de acordo com o conceito de “poder brando” de Joseph Nye (2004), se as apresentações em Georgetown, em 2008 e 2013, do Esquadrão de Demonstração Aérea da FAB, funcionaram efetivamente como promotor de “soft power” da diplomacia brasileira enquanto instrumento de política externa. Para coleta de dados, foi utilizada pesquisa bibliográfica, que incluiu artigos, livros, documentos acadêmicos e das duas burocracias estudadas: MRE e FAB. Como principais resultados, pôde-se constatar a relevância dessas apresentações ao permitirem a participação da defesa em questões de política externa. As apresentações da Esquadrilha da Fumaça contribuíram para projetar poder e capacidade de dissuasão no exterior, ao demonstrar o alto grau de treinamento e a capacidade dos pilotos brasileiros, comprovar a qualidade dos produtos da nossa indústria aeronáutica e representar a FAB no exterior, como instrumento diplomático. Não obstante, observou-se, igualmente, a necessidade de mais sinergia entre as instituições envolvidas (MRE e Forças Armadas/FAB) para o melhor aproveitamento do potencial da Esquadrilha da Fumaça como instrumento de poder brando.
URI: https://repositorio.esg.br/handle/123456789/1433
Appears in Collections:Coleção de Artigos (Diplomacia)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SABINE POPOFF_GIL LIMA E SILVA (14D).pdf3.29 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.