Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.esg.br/handle/123456789/1411
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorDamião, Darcton Policarpopt_BR
dc.contributor.authorRosário Júnior, Altamir Pereira dopt_BR
dc.contributor.authorGuedes, Eric Cézzane Cólenpt_BR
dc.contributor.authorBernardon, Sandropt_BR
dc.date.accessioned2022-01-24T00:31:50Z-
dc.date.available2022-01-24T00:31:50Z-
dc.date.issued2021-
dc.identifier.urihttps://repositorio.esg.br/handle/123456789/1411-
dc.descriptionA geoinformação é amplamente utilizada em proveito das atuais nuances do conceito de segurança, envolvendo não apenas a defesa do estado, mas também a segurança política, social, econômica e ambiental. Partindo de um escopo hipotético-dedutivo, valendo-se da vertente comparativa, apoiado em pesquisa bibliográfica e documental, realizou-se uma análise da governança da geoinformação no Brasil, bem como em outros países como Estados Unidos, Austrália e Coréia do Sul. A seguir, identificaram-se os princípios e teorias relacionados à governança na literatura internacional e nos órgãos de controle no Brasil. Como resultado, conclui-se que a atividade de geoinformação no Brasil é difusa e pouco sinérgica, em contraste aos países estudados, constatando-se a necessidade de se estabelecer um modelo para o direcionamento, monitoramento e gestão da atividade de geoinformação no Brasil. Neste sentido, este artigo analisou a governança da geoinformação nacional e propôs um modelo de governança para a geoinformação no Brasil, com o fito de se obter um emprego eficaz e eficiente de recursos públicos, melhorar o compartilhamento de informações e a prestação de serviço à sociedade.pt_BR
dc.description.abstractGeoinformation is widely used to support the current nuances of the security concept, involving not only the defense of the state, but also political, social, economic and environmental security. Starting from a hypothetical-deductive scope, using the comparative perspective, supported by bibliographical and documentary research, the governance of geoinformation in Brazil is analyzed, as well the governance in others countries like the United States, Australia and South Korea. Moreover, principles and theories related to governance in Brazil and international references are identified. As a result, it is concluded that national geoinformation activity is diffuse and little synergistic, unlike the countries studied, and need to be set a model for direction, monitoring and management the Brazilian geoinformation activity. In this sense, this article analyzed the governance of national geoinformation and proposed a governance model for geoinformation in Brazil, in order to obtain an effective and efficient use of public resources, improve information sharing and service provision to society .en_US
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherEscola Superior de Defesapt_BR
dc.subjectGeoinformaçãopt_BR
dc.subjectInteligênciapt_BR
dc.subjectDefesa Nacional - Brasilpt_BR
dc.subjectGovernançapt_BR
dc.titleGeoinformação em apoio à Defesa e Segurança nacional: uma proposta de governançapt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.publisher.departmentCurso de Altos Estudos em Defesa (CAED)pt_BR
Appears in Collections:Coleção de Artigos (Inteligência)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ALTAMIR JÚNIOR_ÉRIC COLEN_SANDRO BERNARDON (4T).pdf681.45 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.