Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.esg.br/handle/123456789/1288
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorLouzada, José Teixeirapt_BR
dc.contributor.authorElabras, Ricardo Becharapt_BR
dc.date.accessioned2021-03-19T21:41:04Z-
dc.date.available2021-03-19T21:41:04Z-
dc.date.issued2015-
dc.identifier.urihttps://repositorio.esg.br/handle/123456789/1288-
dc.descriptionO Controle da entrada e saída de pessoas no território é uma atribuição legal do Estado soberano. Em tempos de globalização e facilidades no transporte, a entrada e saída de pessoas por aeroportos – principalmente de não nacionais – bem como a proteção contra a entrada indesejável de criminosos transnacionais e terroristas torna-se cada vez mais patente. O objetivo desse trabalho é traçar um panorama atual do controle imigratório em aeroportos no Brasil e Estados Unidos da América e, através desses Estudos de Caso, propor sugestões para melhoria de tal serviço no Brasil. Esse estudo, embasado através de uma revisão bibliográfica quanto ao tema e suas implicações, usa como variáveis de comparação a engenharia institucional, legal, as formas de controle – sejam elas remotas ou não – e os mecanismos de tratamento de refugiados e de ilegais, bem como a anistia periodicamente concedida aos últimos, em ambos os países. A partir desses estudos, se conclui que falta efetivo, tecnologia, meios e organização do controle imigratório no Brasil como Política de Estado, que abranja e mobilize o poder público e a sociedade em geral.pt_BR
dc.description.abstractControl of the flow of people across borders is a legal attribute of all sovereign states. In times of globalization and greater ease of transportation, the entry and exit of people at airports – mainly foreign nationals – as well as protection against the undesirable entry of transnational criminals and terrorists, are growing concerns. The objective of this work is to trace a panorama of the current immigration control at airports in Brazil and the United States, through case studies, and to make suggestions to improve this service in Brazil. This study, based on a bibliographical review on the theme and its implications, uses metrics from institutional and legal engineering as variables for comparison, along with forms of control – be they remote or not – and mechanisms for treatment of refugees and illegal aliens (in these cases also considering the periodic amnesty granted in the two countries). Based on these analyses, I conclude that lack of staffing, technology, funding and organization for controlling the cross-border flow of people is a major state policy problem in Brazil, requiring mobilization of the public sector with society in general.en_US
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherEscola Superior de Guerra (Campus Rio de Janeiro)pt_BR
dc.subjectImigração - Estados Unidospt_BR
dc.subjectAeroportospt_BR
dc.subjectInteroperabilidadept_BR
dc.subjectPolícia Federalpt_BR
dc.titleControle de imigração aeroportuária no Brasil e suas repercussõespt_BR
dc.typeMonografiapt_BR
dc.publisher.departmentCurso de Altos Estudos de Política e Estratégia (CAEPE)pt_BR
Appears in Collections:Coleção de Monografias (Segurança Nacional)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ricardo Bechara Elabras.pdf393.51 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.