Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.esg.br/handle/123456789/1217
metadata.dc.type: Artigo
Title: O Air Domain Study da Força Aérea Brasileira (2017-2019): desafios e lições à luz do modelo da hélice tríplice
Authors: Rossetto, Clauco Fernando Vieira
Advisors: Silva, Peterson Ferreira da
Course: Curso de Altos Estudos em Defesa (CAED)
Keywords: Defesa Nacional - Brasil;Cooperação internacional;Força Aérea Brasileira;Gestão do conhecimento
Issue Date: 2020
Publisher: Escola Superior de Guerra (Campus Brasília)
Abstract: The research objective was to identify the main challenges and lessons learned from the Air Domain Study (ADS) working group of the Brazilian Air Force between 2017 and 2019, aiming to support the possible creation of other working parties in the Brazilian Navy and in the Brazilian Army as well as also contribute to the debate in the field of national defense on the potentials applications and challenges of the Triple Helix model in international cooperation projects. The methodology employed was a case study with documental and bibliographic research, interviews, and questioning, being the last two sent to the main ADS members. As a result it was possible to point that the key challenges were: relative unfamiliarity on the Brazilian side of the characteristics of the Triple Helix; the statist model used by Brazil in the ADS; and, the culture differences in innovation between Brazil and Sweden. Furthermore the main lessons learned were: the ADS work with possible and effective involvement of the Government, University and Industry; importance of devoting more time to know the system of innovation of the engaged countries, before establishing common projects; and, the advantages of the creation of a specific program structure to foment and develop research, in line with the Triple Helix model. In conclusion, the ADS is a case of success that undergoes improvement and can be adapted to other areas and military branches, despite the challenges faced in knowledge management.
Description: O objetivo da pesquisa foi identificar os principais desafios e as lições aprendidas do grupo de trabalho do Air Domain Study (ADS) da Força Aérea Brasileira, entre 2017 e 2019, com vistas a auxiliar na possível criação de outros grupos que envolvam a Marinha do Brasil e o Exército Brasileiro, bem como também contribuir para o debate no campo da defesa nacional sobre os desafios e potencialidades da aplicação do modelo da Hélice Tríplice em projetos de cooperação internacional. A metodologia empregada foi estudo de caso, sendo realizada pesquisa documental, bibliográfica, entrevistas e questionamentos enviados aos principais membros do ADS. Como resultado, foi possível apontar que os principais desafios foram: relativo desconhecimento pelo lado brasileiro das características da Hélice Tríplice; o modelo estatista utilizado pelo Brasil no ADS; e, as diferenças culturais em inovação entre o Brasil e a Suécia. Ademais, as principais lições aprendidas foram: o trabalho do ADS com possível e efetivo envolvimento do Governo, Universidade e Indústria; a importância de dedicar mais tempo para conhecer o sistema de inovação dos países envolvidos antes de estabelecer projetos comuns; e, as vantagens de criação de uma estrutura específica de programa de fomento e desenvolvimento de pesquisas segundo a Hélice Tríplice. Concluiu-se que o ADS, apesar dos desafios na gestão do conhecimento, é um caso de sucesso que passa por aperfeiçoamento e pode ser adaptado para outras áreas e Forças Singulares.
URI: https://repositorio.esg.br/handle/123456789/1217
Appears in Collections:Coleção de Artigos (Empreendorismo e Inovação)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CLAUCO FERNANDO VIEIRA ROSSETTO - TCC CAED 2020.pdf409.28 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.