Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.esg.br/handle/123456789/1008
metadata.dc.type: Monografia
Title: Aspectos relacionais da expressão psicossocial do Poder Nacional com a segurança pública
Authors: Nocelli, Alexandre
Advisors: Alonso del Negro, Antônio Carlos
Course: Curso de Altos Estudos de Política e Estratégia (CAEPE)
Keywords: Segurança Pública;Psicossocial;Sociedade - Brasil;Criminalidade
Issue Date: 2016
Publisher: Escola Superior de Guerra (Campus Rio de Janeiro)
Abstract: This study aimed to verify the relationship between the National Government and Public Safety, analyzing the National Power through its Psychosocial Expression, identifying points of convergence between the Psychosocial Expression of National Power to Public Security, and pointing that way this relationship contributes or not to the National Goals achievement. For this, we proceeded to a descriptive qualitative applied research, using the hypothetical-deductive method to, with the identified problem and the theoretical model built, deduce the specific consequences in the practical field. It was found that the Psychosocial Expression of National Power has close and correlative relationship with the Public Security, with man as the central link of this relationship that is largely determined by the Brazilian people and different organizations culture. This culture keeps the common belief that the police forces are responsible for solving the security problem or perform the formal social control. However, it is understood that the solution inevitably involves a number of factors and a number of persons and institutions, should be considered and put into practice soon so that we can live with a little more quality of life and the awaited social peace, drawing from the theoretical models that which is of vital importance to achieve this objective: cultural change. The paradigm of this issue is the victory of the institutions on the fear of crime and the subjective security installation, difficult to measure, but it deserves consideration.
Description: Este estudo teve o objetivo de verificar as relações entre o Poder Nacional e a Segurança Pública, analisando o Poder Nacional por meio de sua Expressão Psicossocial, identificando pontos de convergência entre a Expressão Psicossocial do Poder Nacional e a Segurança Pública, e apontando de que forma essa relação contribui ou não para a consecução dos Objetivos Nacionais. Para isso, procedeu-se uma pesquisa descritiva aplicada qualitativa, utilizando-se do método hipotéticodedutivo para, com o problema identificado e o modelo teórico construído, deduzir as consequências específicas no campo prático. Constatou-se que a Expressão Psicossocial do Poder Nacional guarda estreita e correlata relação com a Segurança Pública, tendo o homem como elo central dessa relação, que é fortemente determinada pela cultura do povo brasileiro e das mais diversas organizações. Tal cultura mantém a crença comum de que as instituições policiais são as responsáveis por resolver o problema da segurança ou realizar o controle social formal. Entretanto, entende-se que a solução passa inevitavelmente por uma série de fatores e envolve uma série de pessoas e órgãos, devendo ser pensada e colocada em prática o mais breve para que se possa viver com um pouco mais de qualidade de vida e com a tão sonhada paz social, extraindo dos modelos teóricos aquilo que é de vital importância para consecução desse objetivo: mudança cultural. O paradigma dessa questão é a vitória das instituições sobre o medo do crime e a instalação da segurança subjetiva, algo difícil de se mensurar, mas que merece consideração.
URI: https://repositorio.esg.br/handle/123456789/1008
Appears in Collections:Coleção de Monografias (Segurança Pública)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC ALEXANDRE NOCELLI.pdf446.86 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.